Tratamentos estéticos para o Outono – Inverno

 blog1

 

O inverno é a estação do ano mais indicada para tratamentos estéticos. A baixa incidência de raios solares viabiliza procedimentos, cujos resultados são potencializados ao se evitar banhos de sol. Além do mais, algumas aplicações ou terapias deixam a pele vermelha e dolorida, pessoas tendem a frequentar menos praias e piscinas e, quando se expõem, geralmente estão protegidas por roupas. No inverno mesmo que ocorra a diminuição de raios UVB (uns dos causadores do câncer de pele responsável pelas queimaduras solares), os raios UVA continuam penetrando na pele podendo causar problemas como lesões pré-malignas, envelhecimento, perda da elasticidade, manchas e rugas finas. Por isso o protetor solar é necessário para todas as épocas do ano, inclusive no inverno.

 Para ter uma pele bonita em todas as estações, é preciso uma rotina eficiente de tratamento, que já começa dentro de casa, ao acordar. Mas durante o inverno é comum as pessoas deixarem de lado alguns cuidados e exagerarem em outros: comem mais, tomam banhos quentes, bebem menos água e diminuem o uso de hidratantes.

 O tempo frio é um grande aliado de quem quer se renovar para o verão. Aproveite o inverno, para fazer os tratamentos com mais conforto e segurança nesta estação.

 Os tratamentos estéticos que mais dão resultado no inverno são os que combatem rugas, machas no rosto, eliminação dos pelos, tratamento de acne, limpeza de pele.

 No caso das Fototerapias elas emitem uma radiação visível onde possuem uma afinidade com os cromóforos (substancias que o organismo produz) da nossa pele, principalmente a melanina, onde os raios solares também são absorvidos.  É preciso que a paciente esteja com a pele o mais clara possível. Ela também não pode ficar exposta ao sol antes e nem depois para evitar queimaduras e intensificar a ação do tratamento. A cicatrização é outra questão que interfere. Geralmente nesses tratamentos as pessoas ficam com casquinhas ou marquinhas e a exposição solar pode manchar a pele.

   Tratamentos com Luz intensa Pulsada.

Fotodepilaçãoé uma depilação através da luz que visa destruir as células germinativas do pelo.

A fotodepilação age por meio da melanina presente no pelo que absorve a luz, transforma essa luz em calor, transporta o calor por todo folículo piloso até chegar as células germinativas do pelo, destruindo-as.

Fotorrejuvenescimentotratamento que visa atenuar os sinais de envelhecimento da pele.

No fotorrejuvenescimento, a luz atinge os cromóforos presentes na derme (em especial a H2O, a hemoglobina e melanina), que transformam a luz em calor causando um aquecimento local, que estimulará a reorganização das fibras velhas de colágeno e elastina e a produção de novas fibras de colágeno.

 

Fototerapia de Manchastratamento que visa atenuar lesões de pigmentação da pele, o disparo de luz é absorvido apenas pelo alvo (melanina excessiva), sem afetar a pele que não está manchada. Ocorre lise de melanossomas por ação do calor e a melanina é fragmentada em pequenas partículas, e as células que contêm melanina (melanócitose ceratinócitos) são danificadas, apresentando respostas a luz.

 

Fototerapia de Acnetratamento que visa a redução das lesões inflamatórias (vermelhas) e pustulosas (amarelas) da acne. A bactéria Propionobacterium acne produz uma molécula chamada porfirina, a luz e calor produzido pela máquina IPL atinge a porfirina que produz radicais livres ou compostos oxigenados que atacam e matam a bactérias propionobacterium, o tratamento IPL estimula seus mecanismos naturais de defesa.  Possui um forte poder cicatrizante e desinfetante.

Camila Fabri Torlai

Coordenadora de treinamentos, Fisioterapeuta responsável pela rede D´pil

Deixe um comentário